Capítulo 3
A estátua de ouro e os companheiros de Daniel no fogo

 

O terceiro capitulo de Daniel nos fala sobre a estatua de ouro erigida pelo rei Nabucodonosor; em Apocalipse 13. Nos diz que no fim dos tempos foi feita uma estátua da besta para ser adorada, da mesma maneira o rei obrigou a todos os súditos de Babilônia que adorassem a estatua de ouro e quem não o fizesse seria morto.

 Esta estátua era visível a vários quilômetros de distancia enquanto sua superfície dourada refletia sob os intensos raios de sol.

A maneira como foi fundida uma peça desse tamanho e seu custo foram imensos, Nabucodonosor estava muito impressionado pela estatua de cabeça de ouro que contemplara no sonho, tinha sido profundamente comovido face a habilidade de Daniel – sob a orientação de Deus – em desvendar o sonho  e sua interpretação.

Uma curiosidade deve ser citada no nosso estudo em um Tablete de barro traduzido e publicado em 1956 nos relata que uma revolta irrompeu no exército de Nabucodonosor  em 594 a.C. o rei abafou a rebelião, e o tablete nos diz que matou muitos dos seus próprios soldados, e sua própria mão capturou os inimigos, será que a decisão de fazer e levantar a estátua tenha vindo como resultado desse episódio? 

Não sabemos, o que sabemos é que seja qual for o motivo os reis, sempre se consideravam como se fossem deuses e sua ambição e ego não tinham limites, e faziam o que bem lhes parecia á sua vontade, por mais loucas que fossem, era a lei, por isso não é de  se admirar as atitudes espalhafatosas desses reis. 

Sabemos a altura da estátua porque o côvado babilônico tinha da ponta dos dedos até a altura do cotovelo do braço de um homem aproximadamente meio metro, portanto a estátua tinha 30 metros de altura já contatos, sua base ou fundação, em Daniel 3 versículos 2 e 3, nos relata como  o rei mandou reunir seus oficiais, sua corte, seus maiorais e decretou que todos se prostrassem, perante a estátua, e pior de tudo á adorassem, o que se seguiu depois é um dos relatos mais fantásticos já acontecidos em toda  a historia. 

Como O Senhor Deus agiu mudando os fatos e agindo em favor daqueles que Nele confiam.

“Há uns homens judeus que tu constituíste sobre os negócios da província de Babilônia; Sadraque, Mesaque e Abede-Nego; estes homens, ó rei, não fizeram caso de ti, A teus deuses não servem, nem adoram a estátua de ouro que levantas-te”,  nos relata  Daniel 3:12,  fiéis ao Senhor os três companheiros de Daniel, ao qual provavelmente estava viajando pois nada é citado sobre ele, não se prostram e nem adoram aos falsos deuses de Babilônia, representa dos pela estátua diabólica erigida pela rei Nabucodonosor, e permanecem firmes quando são denunciados ao rei por alguns astrólogos (curiosamente pelos astrólogos), não por oficiais comuns do rei, de qualquer forma o rei pergunta se foi de propósito que não se inclinaram e deu-lhes nova chance, e a resposta dos três rapazes foram uma das mais sensacionais de toda Bíblia: “Não necessitamos de responder  sobre este negócio, se fomos lançados na fornalha de fogo ardente, nosso Deus, a quem nós servimos pode livrar-nos dela , e ele nos livrará da tua mão ó rei. Se não fica sabendo, ó rei , que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.” 

Que resposta extraordinária foi dada ao rei pelos três, e o rei enfurecido mandou aquecer a fornalha sete vezes mais e amarrando os três inocentes com suas roupas e  túnicas, turbantes os lançou na fornalha, o fato é que a fornalha estava tão aquecida que a bíblia nos informa que os homens que lançaram os três jovens foram mortos pelo seu intenso calor, mas algo extraordinário se sucede, dois acontecimentos que seriam lembrados pelos séculos dos séculos, o rei espantado se levanta depressa, ( tinha visão total do seu assento até a fornalha), e diz: ”Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo? Responderam ao rei: É verdade, ó rei.  Disse ele: "Eu porém, vejo quatro homens soltos, que andam dentro do fogo sem nenhum dano, e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses”, o rei tinha visto espetacularmente os três jovens perfeitamente sãos e salvos e junto com eles o Próprio SENHOR JESUS CRISTO em sua Glória e Majestade ! 

ALELUIA! Deus os livrou de toda a sorte de mal que poderia ter acontecido, e JESUS ali junto deles. 

O rei  se chegou a porta da fornalha e os três rapazes saem intactos de dentro, e TODOS se reuniram e viram que nada lhes aconteceu nem um só cabelo de suas cabeças se queimou  e nem cheiro de fogo havia, então Nabucodonosor disse: "Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego que enviou o seu anjo e os livrou  seus servos que confiaram nele, pois não quiseram  cumprir a palavra do rei, preferindo entregar seus corpos, a servirem e adorarem a qualquer outro deus, senão o seu DEUS. Por mim, pois, é feito um decreto pelo qual todo povo, nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, mesaque e Abede-Nego, seja despedaçado e as suas casas sejam feitas um monturo, pois não há outro Deus que possa livrar como este". 

Então o rei fez prosperar a Sadraque,Mesaque e Abede-Nego, na província de Babilônia.

 


   Home    Estudos Bíblicos    Daniel na Babilônia    Cap. 1    Cap. 2    Cap. 4    Cap. 5    Cap. 6    Cap. 7    Cap. 8    Cap. 9    Cap. 10    Cap. 11    Cap. 12